:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Editoriais

Estamos sempre mudando de opinião.


.:: mês anterior :: :: :: :: October 2004 :: :: :: :: próximo mês ::.

28 Outubro

Vênias latejantes

Por motivo de gripe maior, um, e de vagabundagem da grossa, outros, o blog passou os últimos dias pós-aniversário sem atualizações. Desculpas à nossa seleta audiência, pois, e, como oferenda mimosa, uma estatística daquelas sem as quais não viveríamos, fruto de complicada operação aritmética: dividindo 798 (a quantidade de textos publicados aqui) por 365 dias, temos uma satisfatória média de 2,186 posts por dia - bem melhor que o desempenho doméstico noturno de boa parte dos membros do blog.
17:52:10 - Zeno -

23 Outubro

Tristeza

Ontem, 22 de outubro, o Hipopótamo Zeno fez 1 ano. Esperamos anciosos (sacou o trocadilho?) as dezenas, quiçá centenas, de posts, emails e telefonemas de congratulações e nada. NADA! Ninguém se dignou a uma mísera menção. Só o Marcos Faraó. E ainda por cima errou a data.
13:49:42 - Sorel -

19 Outubro

Definição de blog

"(...) conversa íntima, indolente, desleixada (...): conta mil coisas, sem sistema, sem nexo; espalha-se livremente pela natureza, pela vida, pela literatura, pela cidade; fala das festas, dos bailes, dos teatros, das modas, dos enfeites, fala de tudo, baixinho, como se faz ao serão, ao braseiro, ou ainda de verão, no campo, quando o ar está triste. Ela sabe anedotas, segredos, histórias de amores, crimes terríveis; espreita porque não lhe fica mal espreitar.
Olha para tudo, umas vezes maliciosamente, como faz a lua, outras alegre e robustamente, como faz o sol; (...) tem uma doidice jovial, tem um estouvamento delicioso: confunde tudo, tristezas e facécias, enterros e actores ambulantes, um poema moderno e o pé da imperatriz da China; ela conta tudo o que pode interessar pelo espírito, pela beleza, pela mocidade; (...) está aqui (...) cantando, rindo, palrando; não tem a voz grossa da política, nem a voz indolente do poeta, nem a voz doutoral do crítico; tem uma pequena voz serena, leve e clara, com que conta aos seus amigos tudo o que andou ouvindo, perguntando, esmiuçando."

Do blogueiro Eça de Queiróz, em 6 de janeiro de 1867.

(crdt r. anderáos, no Link)
13:28:40 - Zeno -

13 Outubro

Cata-corno Google*

Os leitores mais antigos do blog devem se lembrar de um post escrito em homenagem à atriz Angie Cepeda, colombiana que abrilhantou o filme "Pantaleão e as Visitadoras" e que mostrou, por A mais B, que não só Deus é colombiano, e não brasileiro, como ainda por cima é ex-funcionário do Pablo Escobar. Pois bem, o título do post era "Mulhe*es nu*s Lua*a Piova*i fr*e pi*s Par*s Hilt*n", uma brincadeira com os sites pornô da Web que listam tudo quanto é palavra, hum, picante, para poder aumentar a linkania do Google e ganhar mais visibilidade. A brincadeira, porém, acabou dando certo demais e com ela veio a aporrinhação: não há semana que passe sem que algum punheteiro entre no blog atrás de foto de mulher pelada, vídeo de sacanagem, freiras nuas amarradas em barcos da classe laser e demais mimos eróticos. Aproveitemos então a oportunidade para reiterar: nós não vendemos, doamos ou negociamos fotos, vídeos, pôsteres ou apetrechos vibratórios de qualquer freqüência. Não temos nada contra, já visitamos até serviços dessa natureza, mas nossa aspiração, aqui no blog, é mais elevada que a mera lubrificação do teclado com substâncias viscosas e fecundantes. Obrigado.

(*a expressão é do André Dahmer, das excelentes tiras dos Malvados, que costuma encimar suas historietas com expressões do tipo "terapia pela internet", "como driblar radares", "material para pesca", etc.)
17:30:50 - Zeno -

.:: mês anterior :: :: :: :: October 2004 :: :: :: :: próximo mês ::.