:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Je me souviens

Eu te lembro que esta seção tem como dívida explícita o “Je me souviens” de Georges Perec, o livro de Geraldo Mayrink e Fernando Moreira Salles e a série “Ich erinnere mich” publicada no Die Zeit.


.:: mês anterior :: :: :: :: December 2004 :: :: :: :: próximo mês ::.

24 Dezembro

Eu me lembro

Eu me lembro que uma das minhas principais motivações para aprender alemão foi a vontade de ler Thomas Mann no original. E me lembro do susto que tomei quando vi pela primeira vez aquelas frases imensas, de página inteira, que encadeavam orações subordinadas uma atrás da outra num único fôlego, como se fossem serpentes enroladas que espremessem o verbo principal lá no fim do abraço e da página.

(da série “O Mago e eu”)

(para mais Thomas Mann, veja aqui e aqui)
01:29:00 - Zeno - 1 comentário

22 Dezembro

Eu me lembro

Eu me lembro de participar por três anos de um grupo de estudos que se reunia aos sábados pra ler a Fenomenologia do Espírito, do Hegel, numa sala perdida lá no campus da USP. Passei esse tempo todo esperando secretamente que o guarda da portaria, que me parava toda vez pra pedir identificação, olhasse pro livro no banco do carro e dissesse: "Essa tradução é ruim".
07:31:00 - Zeno - 2 comentários

09 Dezembro

Eu me lembro

Eu me lembro que há uma secreta ligação entre os filmes "Um toque de infidelidade", com a Isabella Rossellini, "Violência e Paixão", do Visconti, e "Crônica do Amor Louco", do Ferreri ("Style is a difference"). Mas é preciso ser um cinéfilo meio doentio para perceber. E uns 14 anos de observação contínua e imaginada.

(da série "Je me souviens encontra Filmes Esquisitos")
19:35:00 - Zeno - 3 comentários

01 Dezembro

Eu me lembro

Eu me lembro deles magros, esqueléticos. Dos outros, lembro do medo de dar a mão, de encarar a morte certa e da vergonha de não suportar a dor alheia. Lembro que só os gays morriam, do medo do sexo, de amigos que sumiam e que, durante algum tempo, estar acima do peso era sinal de saúde. Lembro do C., do M. e do E.. Depois da camisinha e dos coquetéis, AIDS não dá mais capa de revista nem no dia 1 de dezembro.
11:13:10 - Sorel - 8 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: December 2004 :: :: :: :: próximo mês ::.