:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Editoriais

Estamos sempre mudando de opinião.


.:: mês anterior :: :: :: :: October 2005 :: :: :: :: próximo mês ::.

31 Outubro

Aniversário de dois anos

Tudo começou em 1870, quando Robert Fulton inventou desavisadamente o barco a vapor. Dele para o Apple G5 que ronrona na mesa ao lado e que abastece o blog com tigres, panteras e linces desde o final de outubro de 2003, foi um pulo. Acidentado, é verdade - e com a participação direta e progressiva de seis pessoas do lado de cá do teclado e de um agrupamento esquisito de quinhentos leitores benevolentes que teimam em visitar diariamente este cantinho de inutilidades da internet. De um blog cujo nascimento deveu-se ao escrutínio da canalhice em suas diversas formas, a partir de leituras conjuntas d'A Consciência de Zeno, do Svevo, e que depois virou um sabe-se-lá-o-quê amorfo cuja pretensão só é superada por uma orgulhosa irrelevância, não se pode esperar nada além de um retrato fiel e desajeitado do país em que vivemos, honrando, assim, os tais 26,5% mencionados em sua certidão de nascimento. A todos, nosso sincero obrigado e nossa sincera recomendação: pelamordedeus, tem coisa melhor na internet. Fora dela, então, nem se fala – um mundão folgazão que recusa teimosamente a converter-se em anódinos zeros e uns.

Lôco, né?
12:06:36 - Zeno -

27 Outubro

Estivemos fora do ar por alguns instantes

Motivos ignorados. E o que é que a gente perdeu? A história do boi que fugiu e invadiu um frigorífico, o Clodovil ameaçando estrear uma peça junto com uma anã e um barnabé de Brasília assumindo autoria dos cartazes contra o Bornhausen como "legítima defesa da raça". Quer dizer, nada.
10:38:14 - Pinto -

.:: mês anterior :: :: :: :: October 2005 :: :: :: :: próximo mês ::.