:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Filmes esquisitos

Nós gostamos mesmo é do escurinho.


.:: mês anterior :: :: :: :: February 2006 :: :: :: :: próximo mês ::.

24 Fevereiro

E por falar em Brokeback Mountain

sexo animar

(crdt: o americanista mateus s.)
12:57:27 - Zeno - 3 comentários

17 Fevereiro

Munique (uma nova visão)

Vamo lá, Mossad!
09:50:32 - hubbell - Comentar

15 Fevereiro

Brokeback Mountain by George W. Bush

Já mencionamos aqui no blog uma de nossas leituras diárias, o batuta site The Complete Bushisms, que registra on a regular basis, como diria o francófilo Guirlando Neirão, as pérolas de sabedoria do presidente americano. Segue, então, cortesia da rapaziada da Slate, a explicação cinéfila do caubói texano sobre o porquê de não ter visto o filme Brokeback Mountain:

"I'll be glad to talk about ranching, but I haven't seen the movie. I've heard about it. I hope you go—you know—I hope you go back to the ranch and the farm is what I'm about to say."

E, como brinde, um apanhado de algumas piadas feitas pela mídia americana sobre o filme, cortesia do nosso americanista de plantão, Mateus S.
11:52:25 - Zeno - 2 comentários

13 Fevereiro

Crime delicado

Uma produção tipicamente nacional. Como o saci-pererê.
10:53:26 - hubbell - 3 comentários

07 Fevereiro

O segredo de Brokeback Mountain

Ang Lee + calça Lee = Rita Lee.
07:35:23 - Pinto - 5 comentários

06 Fevereiro

Munique

Agora valendo: Steven Spiegas continua com aquele toque de merdas que tanto o caracteriza.
10:01:00 - Pinto - 1 comentário

Boa noite e boa sorte

Agora que virou moda, qualquer um vai ver filme de cauboiola. Agora quero ver é fazer como eu, cinéfilo incorrigível: fui prestigiar ("Sei...") a estréia de "Brokeback Mountain", no shopping Fray Maneca, fantasiado de John Wayne. Em plena noite de sexta!

Dada a procura, evidentemente que já não havia ingressos disponíveis para as próximas semanas. Então foi o jeito me contentar com "Boa noite, Cinderela", digo, "Boa noite e boa sorte" —frase imortalizada por Paulo Henrique Amorim. De gay, na telona, só mesmo um relance de J. Edgar Hoover.

Filmaço. Um Oscar para David Strathairn e outro para George Clooney.
10:00:00 - Pinto - 6 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: February 2006 :: :: :: :: próximo mês ::.