:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Je me souviens

Eu te lembro que esta seção tem como dívida explícita o “Je me souviens” de Georges Perec, o livro de Geraldo Mayrink e Fernando Moreira Salles e a série “Ich erinnere mich” publicada no Die Zeit.


.:: mês anterior :: :: :: :: October 2008 :: :: :: :: próximo mês ::.

30 Outubro

informação relevante

a editoria do blogue saúda o retorno aos postes diários dum que andou dizendo um monte há uns tempos atrás e que, retornando de dura missão no exterior, volta e, assim, nos abrilhanta mais um pouco.

15 Outubro

Zona eleitoral

Eu me lembro de uns anos atrás, em Fortaleza, um controverso magnata* ("industrial", dizia-se à época), sobre o qual pairavam fofocas de sua vida civil, decidir se lançar candidato ao paço municipal, numa malfadada campanha que, felizmente para a cidade, não teve êxito. Foi só ele anunciar a candidatura que no dia seguinte havia quilômetros de muros pintados com o seguinte dístico:

"Dar o cu não é defeito. Fulaninho Filho** para prefeito".

* Casado e com filhos.

** O referido é verdade e dou fé (não grafitei, mas conheço quem o fez), embora haja piadas semelhantes por aí. Exponho o "cu" para externar a dose necessária de realismo e preservo o nome da personagem, inclusive já falecida.

12:03:02 - Pinto - 4 comentários

13 Outubro

Eu me lembro

Eu me lembro quando o Collor colocou a filha do Lula na TV, e a mãe dela também. Lembro que achamos o fim do mundo, covardia mesmo, golpe baixo, e que estávamos certos de que nunca faríamos algo parecido. Eu me lembro quando o PT ainda era um partido diferente dos outros.
18:10:20 - Sorel - 5 comentários

.:: mês anterior :: :: :: :: October 2008 :: :: :: :: próximo mês ::.