:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Editoriais

Estamos sempre mudando de opinião.


.:: mês anterior :: :: :: :: November 2008 :: :: :: :: próximo mês ::.

27 Novembro

Cotas para malas pretas já!

Este blogue nunca foi de meter o bedelho (e outras partes menas pudendas) em assuntos relativos ao ludopédio. Isto porque, com a esmagadora maioria de seus membros são-paulinos (torcedores, não nativos, felizmente), nem pega bem falar de futebol diante de um palmeirense, ainda que limpinho, e de um corinthiano, mesmo que sem antecedentes criminais —isto para não mencionar parte da nanoaudiência composta de vascaínos, gremistas e outros seres do pântano que não carecem ser melindrados. Mas digressiono.

Fato é que não podíamos estar nos furtando (e para isto existe a terceirização, perdão, o outsourcing) de tomar posição no percuciente (eis aí um adjetivo que nos é caro) debate que toma de assalto a dita "crônica esportiva" do País, acerca da legitimidade do emprego da chamada "mala branca" (clique para mais detalhes porque estamos com preguiça de explicar e não recebemos ainda um tostão para isso).

Sequer entramos no mérito, mas como evidencia nosso próprio slogan aí de cima, aproveitamos a opportunity para reafirmar que somos francamente favoráveis às políticas de ação afirmativa e defendemos a adoção imediata de cotas para malas pretas ou, ainda, afro-americanas, de modo a nos assegurar algum porcentual nessas transações que irrigam as redações Brasil afora, inclusive de respeitáveis órgãos de imprensa botequins de secos & molhados até muito mais sórdidos que o nosso. Veja bem: se pintar mala branca na jogada não faremos a menor questã: também tá ótimo! Isto é, né possível que neguinho não se sensibilize e não pingue algum! A época é de crise e a situação tá pecuária, gentem! Meu moleque tá matando formiga a pisadas! Natal taí! Vam'colaborá!

Cartas CC5 para a redação!

Temos dito.
23:50:00 - Pinto -

05 Novembro

essa eu tou pagando p/ ver

entende...?
03:32:30 - George Smiley -

01 Novembro

Cinco anos

Maravilhas do mundo, animal

Primeiro veio 2003, sucedido por 2004. Depois, estranhamente, logo vieram 2005, 2006 e 2007. Para os que duvidavam de 2008, ele também chegou e nem espanto ou lembrança provocou. No dia 22 de outubro, uma simpática quarta-feira há duas semanas, nosso botequim comemorou cinco anos de existência, not with a bang but a whimper. Eu, que ando na véspera de completar 45 ("acabou o primeiro tempo" é frase ouvida mais de uma vez nas últimas semanas), olho pra esse pirralho de cinco e sinto um orgulho danado. Deve ser o conhaque.

(crdt da imagem: dj mandaca, que interpôs a seguinte sugestão de legenda: "Reunião de Pauta: a redação disfarça enquanto inocentes avezinhas bordejam à volta, sem perceber o perigo que correm.")
13:02:09 - Zeno -

.:: mês anterior :: :: :: :: November 2008 :: :: :: :: próximo mês ::.