:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


Editoriais

Estamos sempre mudando de opinião.


.:: mês anterior :: :: :: :: March 2008 :: :: :: :: próximo mês ::.

23 Março

Hipoestatísticas

A nanoaudiência que nos visita pode não suspeitar, mas há coisas que um dia escrevemos aqui, aparentemente irrelevantes e despretensiosas, que têm graves repercussões na vida de muita gente. Escritos passados, que, mercê de uma googlada inadvertida, acabam atraindo um séquito de pessoas de interesses diversos, com uma característica comum: a necessidade ávida por respostas, breves, imediatas, urgentes —e olhe lá que em boa parte dos casos neguinho não pede nem por favor e ainda sai batendo a porta.

Senão vejamos:

- há a turma do trabalho escolar, que exige mais informações sobre animais em extinção.

- há futuros empreendedores que nos torturam em busca da receita da pizza perfeita, que só a Castelões tem, e jamais nós. Se a possuíssemos, aliás, uma hora dessas estaríamos com a mão na massa, e não atrás de teclados.

- há os gorduchos, que dariam todos os quilos excedentes em troca da dieta do Doutor Atkins.

- havia o fã-clube de Patrick Dimon, mas estes andam tão sumidos quanto o próprio.

- e, finalmente, há os renintentes e assíduos que aqui vêm quase que semanalmente pôr reparo nesta singela composição de autoria desconhecida e postada neste blogue há mais de três anos. Diariamente batem ponto, comentam, aduzem e ressalvam, numa discussão tão vívida quanto apaixonada, como em nenhum outro post aqui.

Conclusão: por mais que a redação se esmere tentando elevar o nível abordando assuntos mais sublimes e impactantes no nosso cotidiano (quiséramos nós...), a platéia está interessada mesmo em piroca dentro, piroca fora.
23:36:32 - Pinto -

18 Março

Fomos clonados!

Demorou, mas aconteceu. Veio junto a notícia que Daniel Piza irá a Sorbonne falar de Machado de Assis —veja como a Providência é irônica—, mas veio.

Tiago Canuto pensa igualzinho a nós.

Einstein (?) dizia que, dispondo de tempo e de uma máquina de escrever, um chimpanzé escreverá a Bíblia —desde que saiba datilografar, acrescentaríamos. A boutade (maudade?) não vem para insultar, mas para sublinhar que coincidências são, sim, possíveis. O que não é, definitivamente, o caso.

Feio, Tiago, muito feio! Picasso dizia que o grande artista começa copiando os gênios até finalmente encontrar o seu. Se isso for verdade, amigo, parta com urgência para copiar outras pessoas: aqui você corre o risco de se consumir esfregando a lâmpada sem achar gênio algum.

Ou então faça como nosso velho amigo, seu Sidney da Ultrafarma (que nunca mais nos escreveu, aliás...), e encha as burras vendendo genéricos com até 90% de desconto, mas citando a fonte.
15:44:15 - Pinto -

.:: mês anterior :: :: :: :: March 2008 :: :: :: :: próximo mês ::.