:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


.:: post anterior :: :: :: :: navegue pelos posts :: :: :: :: próximo post ::.

Eu me lembro

Eu me lembro – na verdade, acho que nunca esqueci – que nós carregamos ao longo dos anos não só os ossos e as carnes cansadas, mas também alguns truísmos difíceis de serem driblados, como por exemplo os tais pedaços de músicas, trechinhos de canções e pequenas linhas melódicas que vão e vem involuntariamente na cabeça por conta deste ou daquele encontro ou situação. Dois que me ocorrem de imediato, pra ilustrar: o "if theeey should ask", que o Chet Baker canta ao final de "I remember you", com o verso soando como se fosse tocado por um trompete, e não cantado, e o "but ohohoh my dear", que o Sinatra estica de leve na primeira volta do refrão de "Our love is here to stay".

Me lembrei de outro esta semana, por conta de uma gentil devolução de um CD emprestado há anos – o Voodoo Lounge, dos Stones. Na faixa 14, "Thru and thru", aquela "faixa-obrigatória-do-disco-pra-contentar-o-Keith-Richards", este vai desafinando uma baladona bonita durante dois ou três minutos até que o resto da banda entra em cena, a música aumenta de intensidade e lá pela minutagem de 3:40, 3:50 entram os backing vocals do Jagger fazendo o fundo ou a cortina da canção. Se houvesse justiça socio-musical neste mundão iníquo e lacrimal, estes dez, doze segundos de "uhuhuh" e "ahahah" mereceriam ser embalados e distribuídos em saquinhos à população num inexistente e necessário Programa Depressão Zero.

posted at 11:09:34 on 26-08-2005 by Zeno - Category: Je me souviens


Comentários

hunter wrote:

Eu ia mesmo falar do Chesney, o trompetista fanho, qualquer dia desses. Tenho até fotinho separada.

Mas quanto ao Richards, truco. TODO disco dos Stones que presta é liderado pelo Richards. Quando as composições são do Jagger, sux.
26-08-2005 13:29:26

Sergio wrote:

Trechinho de música, nê, Zeno? Dos Pedras, sabe o que me pega? Showzão em estádio americano, antes de abrir as cortinas, tá lá o Ian Stewart, magrinho, curvado sobre o piano, debulhando Take the "A" Train, pra curtição própria mesmo. Dura pouco, uns trinta segundos talvez, aí entra a composição ferroviária inteira, detonando Under My Thumb. É um retrato panorâmico.
Ah, sim, tá no Still Life, de 82. Tem também em DVD.
26-08-2005 16:00:01

Zeno wrote:

Eu tinha a bolacha do Still Life, com aquela capa que abria e mostrava o desenho do estádio. "Under my thumb", com essa introdução do piano, também era das minhas preferidas, junto com a "Twenty Flight Rock", do sujeito que namora a garota do vigésimo num prédio com elevador quebrado... E cê sabia que o disco demorou pra caramba pra virar CD? Quando troquei minhas bolachas dos Stones por CD's, não existia. Passei um bom tempo procurando, até que desisti. E os LP's com aquelas capas caprichadas, cê tinha algum? A do zíper, por exemplo, nunca vi ao vivo, mas a do Some Girls, com os recortes dos desenhos, tá lá em casa até hoje.
29-08-2005 10:58:41

captcha wrote:

E eu me lembro sempre daquele "Spain, oh gee...", do show de 57, quando penso em jogar a toalha. Se O CARA pode fazer piada com a própria tentativa de suicídio, eu posso agüentar minhas pequenas misérias...
29-08-2005 15:14:32


Incluir comentário

Este post está fechado. Não é possível adicionar novos comentários a ele ou votá-lo