:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


.:: post anterior :: :: :: :: navegue pelos posts :: :: :: :: próximo post ::.

Tão triste como ele

Desde que os 47 Contos do Juan Carlos Onetti foram lançados, no fim do ano passado, estamos devendo uma resenha à altura do impacto absurdo que a leitura nos causou/tem causado/ainda vai causar pelos próximos anos, a confiar no que diz o autor do belo prefácio da edição da Companhia das Letras. Enquanto isso não acontece, queríamos deixar a preciosíssima dica de um site espetacular, garimpado nas águas da rede por conta desta paixão onettiana recente, que é o Onetti. Juan Carlos Onetti, com tudo, absolutamente tudo sobre o escritor uruguaio, e ainda por cima com o melhor layout de site que vimos nos últimos tempos: todas as informações arrumadas à esquerda, com menus perfeitos, navegabilidade limpa e direta, trabalho abnegado de fã modestíssimo (não conseguimos localizar os créditos de autoria), de tirar o chapéu. E o endereço do site, então, é puro trocadilho onettiano: onetti.net. Cliquem, cliquem, cliquem: não há rigorosamente nada mais importante a se fazer nesta segunda-feira do que passear pelas páginas do site.

E de quebra, um protesto de quem já foi acusado, aqui no botequim, de mania de arrumação de livros: quando comprei o livro de contos, eumesouviei de ter um romance do Onetti em casa, comprado ainda na década de oitenta, mas chequei na seção da estante de livros latinoamericanos e nada. Devo estar enganado, Tico e Teco enferrujados, etc. No fim de semana, resolvi arrumar a parte da estante com literatura brasileira e eis que o Junta-Cadáveres pula à minha frente, ultrapassando com galhardia os muitos volumes do Graciliano e do Machadão. Moral da fábula: quem tem TOC ganha sempre livros novos-antigamente-desaparecidos.

posted at 13:00:56 on 05-03-2007 by Zeno - Category: Tectum Intuentes


Comentários

Iara wrote:

Ah, obrigada Zeno, genial mesmo o site, estou me esbaldando com as entrevistas e as fotos, não sei
quase nada sobre ele só que é um maluco genial.;-)

"Ninfa do Congo, fugia pela esquerda a anca lustrosa do violino."
Juan Carlos Onetti.
06-03-2007 16:46:29


Incluir comentário

Este post está fechado. Não é possível adicionar novos comentários a ele ou votá-lo