:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


.:: post anterior :: :: :: :: navegue pelos posts :: :: :: :: próximo post ::.

ela e os grilos

agora têm uns grilos morando em casa.
se mudaram há umas 2 semanas, 3 indivíduos duma mesma família.
adotaram a casa, impreterivelmente.
ela tentou, delicadamente digamos, varrer eles prá fora, moramos numa vila ecológica, recuperação ambiental, compreende?
não adiantou, a familinha ficou lá, do lado de fora da porta, protestando veementemente, um mst de grilos a noite inteira.
na 1ª oportunidade da porta aberta no dia seguinte vortaro pa drento.

eu me acostumei.
mas eles, quando vêem ela chegando, ficam num silêncio mineiro, sepulcral, só de ouvir ela levantando da cadeira, somem.
depois começa pelo filhinho/a, daí a mãezinha, daí o paizão, todo contente por mais um dia da família reunida no lar.

posted at 23:41:00 on 14-06-2008 by George Smiley - Category: Personagens


Comentários

Sorelbotuca wrote:

Deu pra ouvir eles cantando daqui.
16-06-2008 11:12:13

Zeno Eco wrote:

Sugestão à moda antiga: que tal um boneco com a foto da patroa, permanentemente postado à porta do lar? Serve também de superego para as estripulias - de diversos tipos - da outra metade do casal.

Ou, pra fazer a releitura da antiga piada, levá-los para um passeio longe e largá-los por lá, esquema "mais perdido que grilo caído de mudança".
16-06-2008 17:14:20

cri-chris wrote:

eu tenho o maior grilo com esses serzinhos cri-cri. de tanto darem no meu saco, dediquei a eles um textículo, tempos atrás: <a href="http://www.novoaemfolha.com...">a esperança é a última que morre</a>. é isso aí, bicho.
16-06-2008 17:26:37

george louva-deus wrote:

táí, ela os vem considerando como os chineses, ou algum povo assim: fritá-los.
17-06-2008 01:46:56


Incluir comentário