:: home :: posts passados :: etilíricas :: je me souviens :: microcontos ::


.:: post anterior :: :: :: :: navegue pelos posts :: :: :: :: próximo post ::.

reaganomics

"Agora entendi porque a Europa sofre uma crise financeira", afirmou Bryce Matuschka, da Nova Zelândia. "A ponte é uma obra de arte, o aquário é fantástico, mas em alguns dos prédios você precisa perguntar: 'Por que gastaram todo esse dinheiro?'."
via

eu me lembro, ainda um jovem já quasiexidealista, qdo li essa palavrinha mágica do título do poste.

ela teve o condom de resumir uma série de presentimentos, percepções, análises e finalmente conclusões, que aquilo que se apresentava livre, leve e solto como 'o estilo pós-moderno', era a mais colossal falcatrua intelectual que já houve nessa curta e inhoranti passagem humana sobre a terra.

nem o, um dia poderoso, jdanovismo chegara aos pés daquilo.

depois encontrei um tipo de maestro de idéias, que ainda me conduziu a um caminho muitísimo interessante de pesquisa do assunto, simplesmente abrindo algumas portas traseiras e porta-malas desse trenzão todo, me indicando umas pesquisas de antropologia, de fins dos 50's/começo dos 60's, que já prenunciavam a coisa toda.
daí em diante foi uma festa, colecionei o que hoje chamam de terabáites de dados sobre como se construiu a maior falcatrua ideológica do já tão malafamado séc. XX.

então, lá pelas tantas, enjoei de tanta porcaria guardada, vi logo que a queda do traste ia dar uma merda do mesmo porte, liberei precioso espaço no compu e assisto agora de camarote as caras de anus dos principais protagonistas -e seus coveiros, que, inclusivemente, bostmotherns que são, enterrar-se-ão juntos- sendo, como sói acontecer, devidamente devorados por essa senhora tão pouco amável c/ calhordas, la dueña história.

e ainda vão nos custar uma fábula, esses pentas.
posted at 10:23:54 on 25-07-2012 by George Smiley - Category: Je me souviens


Comentários

Sem comentários


Incluir comentário